quarta-feira, 6 de junho de 2012

"Modigliane, artista sem mestres e sem discípulos"



O blog andou meio paradinho esse dias porque fui até São Paulo me atualizar e aproveitei para visitar o MASP para ver de perto a exposição "Modigliani: Imagens de uma vida", e eu que já era fã fiquei mais ainda!
Amedeo Clemente Modigliani, além de pintor também foi escultor, autodidata, nasceu na Itália, mas viveu em Paris, tinha uma saúde frágil, e morreu aos 36 anos incompletos, no dia seguinte, sua companheira apaixonada, Jeanne Hébuterne, suicida-se, estava grávida de 9 meses, deixaram uma filha Jeanne, que após a morte dos pais foi criada pela irmã de Modigliani.
A história é triste, mas o legado que ele deixou é incrível, conhecido como o artista que retrata a alma, ele tem traços únicos, figuras humanas com rostos ovais, pescoços longos, corpos esguios, marcas bem pessoais, facilmente reconhecidas.








Quem tiver a oportunidade não deixe de ir ao MASP, a exposição irá até dia 15 de julho e depois segue para o Museu Oscar Niemeyer (MON) em Curitiba.

3 comentários:

Amanda disse...

Amo, com certeza vou a exposição!!!

Paula Alvarez disse...

Acredita que nunca fui ao Masp? se fui era muito pequena e não lembro rs mãe professora de artes, sempre vai em exposições, acompanho quase todas!!! Mas essa deixei passar hehehe vou dar a dica, obrigada ;)
beijãozão*

Cinthia disse...

Quando puder não deixa de ir lá, é incrível, e como filha de professora de artes, vc já deve ter visto altas exposições maravilhosas, que sorte! :)
Bjuss

Postar um comentário